Escrita e produzida em 2020 durante a pandemia COVID-19, o Samba da Saudade faz referência ao sentir estar em lockdown, e às saudades que desabrocharam.

Com saudades de tocar e de voltar às ruas, esse sambinha é lançado num segundo momento de lockdown vivido em Lisboa.

É um convite para acalmar o peito com alegria e força para garantir que uma hora as saudades vão acabar e ficaremos todos bem.

Letra da Música

Haja coração pra passar todo esse tempo

Sem poder sair pra tocar, eu quase não aguento

Transformando a solidão em muita calma e reflexão

Nós um dia vamos aproveitar melhor cada momento

Ai que saudade que eu tenho de rever você

Para brindar, brincar e arejar o coração

Transforma essa rotina, puxa um samba

Colombina Novamente pra gente tocar e cantar sobre a vida

Os dias passam de dentro do quarto eu ouço o som

Que vem lá do batuque, sinto logo a vibração

Lavo as fantasias pensando no dia Que vou ter de volta aquele amor

Haja coração pra passar todo esse tempo

Sem poder sair pra tocar eu quase não aguento

Transformando a solidão em muita calma e reflexão

Nós um dia vamos aproveitar melhor cada momento

Mais que saudade que eu tenho de rever você

Para brindar brincar e arejar o coração

Transforma essa rotina, puxa um samba Colombina

Novamente pra gente tocar e cantar sobre a vida

Os dias passam de dentro do quarto eu ouço o som

Que vem lá do batuque sinto logo a vibração

Lavo as fantasias pensando no dia Que vou ter de volta aquele amor

Lavo as fantasias pensando no dia Que vou ter de volta aquele amor

Amor! Amor!

Créditos

Autores: Heidy Samantha, Weskley Sousa e Thiago Hallak

Produção: Weskley Sousa

Editor: Thiago Souza Mundin

Cantores: Heidy Samantha, Weskley Sousa e Thiago Hallak

Músicos:
– Daniel Teixeira (Cavaquinho and Surdo)
– Thiago Hallak Bass and Tamborim)
– Júlia Dewald (Tamborim)
– Paulo Henrique (Caixa)
– Weskley Sousa (Guitar)
– Dayane Silva (Ganzá)

Diretor de Vídeo: Pedro Ferreira Cabral